CRIANÇA E ESCOLA-FAMÍLIA O QUE TE ASSUSTA? * Children and school-What scares you?

Passou tão rápido, mas ela cresceu,  está crescendo… Deixou as fraldas e aos poucos deixará a chupeta, a  mamadeira, etc…

Aprenderá  novas palavras,  e provavelmente surpreenderá a todos ao encontrar soluções para superar desafios.

Em qualquer escola os primeiros dias são complicados, trata-se de a uma nova rotina. Até os adultos têm dificuldade para se adaptar ao novo, não é?

Na primeira semana muitos vão chorar,  inclusive você, mas seja forte,  e comae-e-filhonfie, que a escola é aliada  da família neste momento,  e saberá  o que fazer.

desenho-colorir-menino-chorando-berro-choro-lagrimasEsse choro pode não terminar  nos primeiros dias,  pode durar semanas e  talvez o ano todo. Mas essas lágrimas podem ter uma explicação: a família não está por perto; o brinquedo preferido ficou em casa; o banheiro é diferente, e o(a) professora(a)  não é apenas dela, e sim de muitas ao mesmo tempo. 

Acalme-se,  pois são muitas  necessidades  e comportamentos diferentes  numa mesma turma, e o (a) professor(a) não é um robô. Mas fará o melhor por todos.

A escola tem o seu cotidiano, por isso,  tudo parece assustador, até para aquelas que vieram de outras unidades. Como não chorar?  Como não sentir insegurança? Como não querer voltar para o seu colo?

pai-sofa

Ela  tentará  convencer a família a deixá-la em casa mais um pouquinho, perto de tudo que gosta e tem apego.   Dirá que o coleguinha bateu, que a professora não lhe deu atenção, que  a comida não é boa. Mas evite ceder, mesmo que ela chore, mesmo que seu coração fique por um fio… Uma vez na escola, saberemos cuidar dela

Crianças  de quatro ou cinco anos são inquietas mesmo,   e algumas um pouco mais.  São birra-capacrianças aprendizes, que precisam do olhar educador da  família e  da orientação pedagógica da escola.  Esses pequenos indivíduos compreenderão aos poucos, que as palavras expressam sentimentos, pensamentos e desejos, e não será mais preciso usar as mãos ou se  atirarem ao chão para conseguirem o que desejam.

Sabemos que a comida de casa é sempre mais gostosa, portanto, não faremos concorrência,  mas garantimos,  que o  cardápio  da escola também  é gostoso,  além variado e balanceado. Contamos com o seu incentivo!

Ajude-a a se sentir mais  segura.  Acredite que a criança é capaz de aprender e exibir  esse pai-e-filhaaprendizado. Confie que cada erro cometido por ela será uma grande oportunidade para descobrir respostas.  Deixe-a errar, porque não há nada mais fantástico do que acertar depois de muitos erros.  Os profissionais da escola estão preparados para lidar com  situações de aprendizagem,  sem desacreditar, impor ou desrespeitar o tempo de cada um.

Ajude a criança a se organizar. Leia a agenda dela  todos os dias; depois,  juntos, arrumem a mochila para o dia seguinte. Esses momentos de  carinho não tem preço.

Ajude a criança a ser pontual e  entender o cotidiano da escola. Ela aproveitará melhor o que  temos a  oferecer,  e se sentirá mais segura e confiante ao entrar e sair no mesmo horário que os coleguinhas.

Ajude a criança a entender o que é respeito.  No dia a dia, ensine-a   a valorizar os (as) professores (as),  e dirigir-se a qualquer pessoa com  educação e gentileza, esteja ela na escola, em casa ou na rua,  e futuramente estará mais preparada para enfrentar as adversidades do mundo com mais sucesso.  

Na  escola as práticas estão voltadas para o bom convívio, mas sabemos, que a violência existe, porque a humanidade está esquecendo de praticar  amor e  tolerância.

 

Venha à escola sempre que necessitar,  participe das reuniões e outros eventos.  Sua presença também é um ato de amor,  compareça!

Ana de Lourdes Teixeira – Janeiro, 2017

Anúncios

30 comentários sobre “CRIANÇA E ESCOLA-FAMÍLIA O QUE TE ASSUSTA? * Children and school-What scares you?

  1. Oiii!!!Lindo AnaLou. Enquanto eu lia passava como um filme em minha mente o ano em que passei no CEU. Muitas carinhas,ora fazendo graça,ora chorando,ora rindo.Aprendi muito convivendo com todos,procurei dar o meu melhor e trouxe em minha bagagem uma fartura de carinho,principalmente dos nossos pequenos!!! É muito gratificante tê-los em nossa vida!!! Valeu AnaLou!!! Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Não sou mãe, nem professora. As vezes sou Babá. Mas apreciei cada orientação, os pais precisam entender que “isso é coisa de criança” não é bem assim não, é preciso se informar e ter jogo de cintura pra lidar com os pequenos.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Ana, suas orientações são pertinentes para todos nós, pois mesmo os que não possuem um filho, um dia terão ou até mesmo na ausência dos pais os próprios irmãos terão que ter esta noção. Gostei muito e vou compartilhar com minha esposa e amigos. Abraços

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s